segunda-feira, 23 de maio de 2011

Almas perfumadas- Carlos Drummond de Andrade

video

Meu gosto por poema está cada vez mais aguçado. Um dos poetas que admiro é Carlos Drummond de Andrade.

Umuntu para todos



UMUNTU NGUMUNTU NAGABANTU- Uma pessoa é uma pessoa por causa de outras pessoas

A jornalista e filósofa Lia Diskin, no Festival Mundial da Paz, em Floripa (2006), nos presenteou com um caso de uma tribo na África chamada Ubuntu. Ela contou que um antropólogo estava estudando os usos e costumes da tribo e, quando terminou seu trabalho, teve que esperar pelo transporte que o levaria até o aeroporto de volta pra casa. Sobrava muito tempo, mas ele não queria catequizar os membros da tribo; então, propôs uma brincadeira pras crianças, que achou ser inofensiva.
Comprou uma porção de doces e guloseimas na cidade, botou tudo num cesto bem bonito com laço de fita e tudo e colocou debaixo de uma árvore. Aí ele chamou as crianças e combinou que quando ele dissesse "já!", elas deveriam sair correndo até o cesto, e a que chegasse primeiro ganharia todos os doces que estavam lá dentro.
As crianças se posicionaram na linha demarcatória que ele desenhou no chão e esperaram pelo sinal combinado. Quando ele disse "Já!", instantaneamente todas as crianças se deram as mãos e saíram correndo em direção à árvore com o cesto. Chegando lá, começaram a distribuir os doces entre si e a comerem felizes.
O antropólogo foi ao encontro delas e perguntou porque elas tinham ido todas juntas se uma só poderia ficar com tudo que havia no cesto e, assim, ganhar muito mais doces.
Elas simplesmente responderam: "Ubuntu, tio. Como uma de nós poderia ficar feliz se todas as outras estivessem tristes?"
Ele ficou desconsertado! Meses e meses trabalhando nisso, estudando a tribo, e ainda não havia compreendido, de verdade, a essência daquele povo. Ou jamais teria proposto uma competição, certo?

Ubuntu significa: "Sou quem sou, porque somos todos nós!"

terça-feira, 26 de outubro de 2010

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

As músicas mais interessantes da minha infância (em vídeo)





Quando criança gostava muito das músicas: O Pato e A Casa. Existia um mergulho diegético com a música, mas até então os professores não apresentavam a referência das mesmas. O interessante é que, conheci o autor/autores a menos de uma semana aqui na faculdade, na pesquisa sobre Vinícius de Moraes, isso é inacreditável. Os autores são Vinícius de Moraes e Toquinho.
Por isso existe a importância da referência em todos os trabalhos/atividades apresentadas em sala de aula.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

A arca de Vinícius de Moraes


Primeiro foi o livro com trinta e dois poemas, quase todos falando de bichos, publicado em 1970. Apareceram algumas canções que o próprio poetinha ia musicando, como A Casa ou O Pato que eu mesmo recordo saber cantar bem antes de ver, na televisão, o especial A Arca de Noé -- programa em horário nobre da TV Globo, para o Dia das Crianças, no ano de 1980. Segundo encontro no acervo do Instituto Cultural Itaú - Uma Discografia Brasileira, ambas as canções fizeram parte de um disco lançado em 1972: Vinícius canta «Nossa Filha Gabriela». Grande parte do poemas, no entanto, só receberia melodia quando Toquinho e amigos investiram em uma homenagem a Vinícius de Moraes. A primeira Arca foi recebida com entusiasmo pela crítica, destacando-se como uma produção que soube respeitar seu ouvinte, qualquer idade ele tenha.


O interessante é que com ritmo simples e gracioso, Vinícius de Moraes fez os versos de sua Arca com um humor muito agradável, possibilitando a nós professores, educadores inserir em sala de aula toda essa magia fantástica.

Thyane Paula

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Os problemas das tecnologias de informações (charge)







Nós professores temos que encarar essa realidade e entrar ativamente no mundo tecnológico juntamente com nossos alunos.

O livro e a América


O livro e a América


Oh! Bendito o que semeia Livros... livros à mão cheia...
E manda o povo pensar!
O livro caindo n'alma
É germe que faz a palma,
É chuva que faz o mar!

Castro Alves



O GELIT (Grupo de Estudos Literários), está favorecendo um contato maior com livros de grandes qualidades literárias, aguçando o gosto pela leitura, me transformando em uma leitora exigente e fiel... Sou grata a esse avanço, não só da faculdade que me proporcionou estudos tão avançados, quanto a professora orientadora Ana Paula que nos motiva a permanecer nesse mundo tão fantástico, que é o mundo da leitura.


Thiane Paula